Márcio França acerta taxas de homicídios em SP e Miami

Governador, que assumiu após saída de Alckmin, citou números dos dois locais ao defender baixo índice de mortes no estado

Segurança Pública em São Paulo Segurança Pública Violência

Anna Beatriz Anjos
2 minutos

“Os números para São Paulo são positivos. Homicídio: 8 para cada 100 mil. Miami hoje acho que é 12 [para cada 100 mil].” – Márcio França (PSB), em entrevista no programa Roda Viva, da TV Cultura.

O governador de São Paulo, Márcio França, candidato à reeleição pelo PSB, defendeu a política de segurança pública levada a cabo por seu antecessor, Geraldo Alckmin (PSDB), de quem era vice – ele assumiu o cargo quando o tucano saiu para concorrer à Presidência da República. Em participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, ele comparou a atual taxa de homicídios por 100 mil habitantes do estado à estatística de Miami, nos Estados Unidos, para defender o desempenho de Alckmin nessa área. O Truco nos Estados – projeto de fact-checking da Agência Pública – verificou a afirmação e concluiu que é verdadeira.

A assessoria de imprensa de França informou que as fontes dos dados citados são a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e o Bureau Federal de Investigação (FBI, em inglês), unidade de polícia vinculada ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Os números apresentados pelo pessebista correspondem aos disponibilizados por esses dois órgãos.

O último ano inteiramente analisado pelo FBI é 2016, quando foram registrados 55 homicídios em Miami, no estado da Flórida, cidade à época com população de 449.469 pessoas, o que resulta em uma taxa de 12,23 assassinatos por 100 mil habitantes. Já segundo a Secretaria de Segurança Pública, no mesmo ano a taxa de homicídios em São Paulo foi de 8,2 por 100 mil. O indicador paulista mais recente também se aproxima ao mencionado pelo governador: em 2017, a taxa de homicídios no estado foi de 7,54 por 100 mil habitantes.

Na sequência da comparação entre Miami e São Paulo, França disse ainda que no Brasil há lugares em que a taxa de homicídios é de “60 para cada 100 mil” – sua equipe não indicou a origem da informação. De acordo com o 11º Anuário de Segurança Pública – elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com base em registros policiais de 2016 fornecidos por pelos órgãos de segurança de todos os estados –, em nenhum deles o indicador em questão atinge a casa das 60 vítimas por 100 mil habitantes. Sergipe é a unidade federativa que mais se aproxima desse número, com taxa de 57,6 por 100 mil.

Márcio França exagera desconto em pedágios
Márcio França - PSB
Márcio França exagera desconto em pedágios

Governador afirmou que a tarifa diminuiu até 25% com novas concessões, mas na verdade o porcentual chega a 20%

Doria exagera criação de vagas em creches quando foi prefeito
João Doria - PSDB
Doria exagera criação de vagas em creches quando foi prefeito

Durante os 15 meses em que administrou a cidade de São Paulo foram criadas cerca de 25 mil vagas, não 42 mil

França erra taxa atual de crescimento da economia paulista
Márcio França - PSB
França erra taxa atual de crescimento da economia paulista

Produto Interno Bruto do estado não evolui 6% ao ano, como afirmou o governador

SP Candidatos - São Paulo