Aeroporto de Foz do Iguaçu recebe voo internacional, sim, Ratinho Júnior

Ao apresentar suas propostas para incrementar o turismo no Paraná, o candidato resvalou num dado simples: Latam tem vôos frequentes de Lima para a cidade

Infraestrutura Transporte

José Lázaro Jr.
2 minutos

“Foz do Iguaçu, [que] só perde para o Rio de Janeiro [em turismo], tem um aeroporto onde não desce avião internacional”, disse Ratinho Júnior, do PSD, em sabatina na OAB-PR, no dia 17 de setembro.

De terça a domingo, quem estiver na cidade de Lima, capital do Peru, pode tomar um voo direto para Foz do Iguaçu, no Paraná. O trecho operado pela Latam é identificado com o código LA 2443, demora em média 3 horas e 55 minutos e é feito em aeronaves A320.

O Truco nos Estados – projeto de fact-checking da Agência Pública, feito no Paraná em parceria com o Livre.jor – conversou com a superintendência do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas e confirmou a informação no portal de vendas da companhia aérea. Portanto a afirmação de Ratinho Júnior (PSD) está errada.

Com 10 posições em pista para aviação comercial, o aeroporto de Foz é considerado de grande porte pela Infraero. Ele movimenta, diariamente, uma média de 5,6 mil passageiros, 54 voos e 1,5 tonelada de carga aérea.

Demanda turística – A frase faz parte de uma longa exposição na qual o candidato, durante sabatina promovida pela seção paranaense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR), expõe seus planos para o turismo no Paraná.

Era dito, antes do deslize, que as Cataratas do Iguaçu mereceriam melhor infraestrutura. Ratinho Júnior diz que a beleza natural só perde, no país, em atração de turistas para a cidade do Rio de Janeiro. Como vemos na tabela a seguir, é quase isso: Florianópolis é o segundo destino preferido, então surgem as cataratas.

A tabela faz parte do Estudo da Demanda Turística Internacional 2013 a 2017, do Ministério do Turismo, segundo o qual Foz do Iguaçu, desde 2015, equilibra-se como o terceiro destino mais visitado por estrangeiros para lazer (atrás das capitais Rio de Janeiro e Florianópolis).

O mesmo documento diz que as Cataratas do Iguaçu, por exemplo, estão no roteiro turístico de 71,4% dos japoneses, 51% dos chineses, 46% dos australianos, 42,3% dos espanhóis, 40% dos alemães, 32,5% dos canadenses, 28,7% dos franceses, 20,6% dos estadunidenses, 20,3% dos colombianos, 8,7% dos bolivianos e 7% dos argentinos, dentre outras nacionalidades.

Diferente do que se pode imaginar, entretanto, a maior parte dos turistas estrangeiros chega por via terrestre à cidade de Foz do Iguaçu (72,5%). No Rio de Janeiro, mais consolidado como porta de entrada internacional dos turistas estrangeiros, a percentual se inverte: 81,8% chegam ali por avião.

Desempregado ou não, Ratinho foi vereador em Jandaia do Sul de 1977 a 1984
Ratinho Júnior - PSD
Desempregado ou não, Ratinho foi vereador em Jandaia do Sul de 1977 a 1984

Ratinho Júnior disse que pai se mudou para Curitiba por estar desempregado. Mas nos anos 1980 Câmaras do interior já pagavam vereadores

De cada três potenciais doadores no Paraná, um tem os órgãos destinados a transplante
Cida Borghetti - PP
De cada três potenciais doadores no Paraná, um tem os órgãos destinados a transplante

Paraná cumpriu a meta de doação de órgãos em 2016 e 2017. No ano passado, proporcionalmente à população, foi o melhor estado no ranking nacional

Geonísio erra ao afirmar que escolas militares dobraram Ideb de Roraima
Geonísio Marinho - PRTB
Geonísio erra ao afirmar que escolas militares dobraram Ideb de Roraima

Estado é uma das sete unidades da federação que teve queda no ensino médio no país

PR Candidatos - Paraná