Ailton acerta: ensino médio do Ceará está abaixo da média nacional

Mesmo abaixo da média nacional, o ensino médio no Ceará foi destaque em ganhos de aprendizagem entre 2015 e 2017

educação

Rômulo Costa, Thays Lavor, Carolina Capelo
4 minutos

“Quando você vê o resultado do Ensino Médio que teve agora no Saeb, por exemplo, comemora-se porque avançou em alguns pontos. Mas você vê, está inclusive abaixo da média nacional”, Ailton Lopes (Psol) durante sabatina do grupo O Povo, no dia 4 de setembro.

O candidato Ailton Lopes (Psol) questionou o desempenho da educação do Ceará – uma das principais bandeiras usadas pelo candidato à reeleição, Camilo Santana (PT). Com base nos resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) de 2017, divulgado em agosto, ele destacou que os números do Estado não são favoráveis no Ensino Médio, cujos resultados estão abaixo da média nacional.

Ao Truco nos Estados – projeto de checagem da Agência Pública, realizado também no Ceará -, a assessoria de comunicação do candidato informou que matérias publicadas no O Globo e no O Povo serviram como base para a declaração do candidato.

O candidato acerta quando diz que, nas recentes edições do exame referente ao Ensino Médio, os estudantes cearenses tiveram desempenho abaixo da média nacional, tanto em língua portuguesa quanto em matemática – as únicas disciplinas avaliadas até então. No entanto, o Estado cresceu acima da média brasileira em ganhos de aprendizagem nas duas modalidades entre 2015 e 2017, ganhando destaque do Sistema pela evolução do desempenho.

Ailton Lopes faz oposição à esquerda ao atual governador Camilo Santana (PT) e criticou a educação no Estado em sabatina FOTO: Reprodução

Nas provas de língua portuguesa do Ensino Médio, o Ceará alcançou a proficiência média de 265,9 pontos – inferior à média nacional que foi de 267,6 pontos. A maioria dos estudantes ficou no nível considerado insuficiente (72,6%). Apenas 25,9% deles alcançaram o patamar considerado básico e 1,4% chegaram ao adequado.

Porém, em língua portuguesa no Ensino Médio, o Saeb demonstrou uma evolução dos estudantes cearenses entre 2015 e 2017. Eles foram os que mais apresentaram ganhos de aprendizagem no Brasil entre os anos analisados. A progressão foi de 9,3 pontos em relação a 2015.

Também houve melhora no desempenho dos estudantes cearenses em matemática. O Estado se destacou como a 6ª unidade da federação com maiores ganhos de aprendizagem na disciplina. A alta foi de 6,4 pontos em relação a 2015, ficando atrás de Sergipe (40,7), Espírito Santo (10,5), Rio Grande do Sul (9,4), Minas Gerais (9), Goiás (8,7) e Tocantins (8,7).

O resultado, contudo, não foi suficiente para fazer o Estado superar a média nacional. O desempenho dos estudantes cearenses do Ensino Médio em matemática foi de 267,1 pontos, enquanto a média nacional foi de 269,7. Na disciplina, a maioria dos estudantes não conseguiu sair do patamar de insuficiente (74,2%). Apenas 21,7% dos cearenses alcançaram o nível básico e 3,9% chegaram ao adequado. Dos estados que ficaram abaixo da média, o Ceará é o segundo melhor colocado, perdendo apenas para Sergipe.

O Saeb é um processo de avaliação em larga escala realizado periodicamente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação. Os resultados, juntamente aos dados do Censo Escolar, compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), um dos principais indicadores da educação do País.

Os últimos resultados apurados pelo sistema indicam que o Ensino Médio no Ceará, diferentemente do Ensino Fundamental que tem índices expressivos, ainda está abaixo da média nacional, como mencionou o candidato Ailton Lopes.

O mesmo sistema aponta que os estudantes cearenses têm evoluído com ganhos de aprendizagem considerados como destaques nacionais tanto em matemática quanto em língua portuguesa do Ensino Médio.

O Truco entende a afirmação de Ailton Lopes, que afirma que os resultados do Ceará no Ensino Médio estão abaixo da média nacional, como correta e atribui o selo “verdadeiro” à declaração do candidato.

Candidato comenta

Informado sobre o resultado da checagem e das ponderações feitas sobre a evolução no desempenho dos estudantes do Ensino Médio considerando dados desde 2015, o candidato Ailton Lopes, por meio da assessoria de comunicação, enviou o seguinte comentário. Confira:

“O nível alcançado pelos estudantes cearenses ainda está longe de alcançar o patamar básico, além de estar menor que a média nacional (270). Em relação aos resultados de Língua Portuguesa e de Matemática, os estudantes brasileiros, em média, estão no nível 2 de aprendizagem, com mais de 70% de alunos com conhecimento considerado insuficiente. Portanto, não penso que se deva comemorar um ‘avanço’ que nos deixa abaixo do patamar básico!”

Ops, Aílton: foram R$ 130 milhões para saneamento básico no Ceará
Ailton Lopes - PSOL
Ops, Aílton: foram R$ 130 milhões para saneamento básico no Ceará

Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) da Sefaz aponta um gasto de pouco mais de R$ 130 milhões em 2017

Errou, General: Ceará tem 91 toneladas de esgoto não tratado por dia
General Theophilo - PSDB
Errou, General: Ceará tem 91 toneladas de esgoto não tratado por dia

O tucano inflou em muito os números ao dizer que são 91,4 bilhões de toneladas por dia em esgoto a céu aberto no Ceará.

Hélio Gois erra posição brasileira em ranking internacional de educação
Hélio Gois - PSL
Hélio Gois erra posição brasileira em ranking internacional de educação

Hélio se equivocou ao citar os números. Disse que o país ocupava a 73ª posição no ranking, quando a prova só foi aplicada em 70 países

CE Candidatos - Ceará