Gonzaga exagera percentual de brasileiros descrentes em eleições

Para o candidato do PSTU, um terço da população brasileira não acredita em eleições. Segundo pesquisa CNI/Ibope, a proporção é de praticamente um quarto da população

Eleições

Rômulo Costa, Thays Lavor, Carolina Capelo
2 minutos

“Estamos vendo aí hoje um terço da população [brasileira] não acredita mais em eleição”, Francisco Gonzaga durante sabatina do Grupo O Povo no dia 5 de setembro.

O candidato Francisco Gonzaga (PSTU) declarou que um terço da população brasileira está desacreditada das eleições este ano. A afirmação ocorreu durante sabatina com jornalistas do Grupo de Comunicação O Povo, no último dia 5 de setembro. A frase é considerada exagerada.

O Truco nos Estados – serviço de checagem da Agência Pública, realizado também no Ceará – consultou a assessoria de comunicação do candidato para saber qual foi a fonte da afirmação de Gonzaga. Por telefone, a equipe informou que o candidato não se baseou em pesquisas para defender a afirmação. Segundo eles, o dado surgiu a partir “do sentimento do candidato na campanha”.

O curioso é que o sentimento de Gonzaga mostra alguma similaridade com os resultados da pesquisa “Retratos da Sociedade Brasileira”, realizada pela Confederação Nacional da Indústria em parceria com o Ibope .

O levantamento divulgado no início de agosto de 2018, antes do início da campanha, apontou que 28% dos brasileiros discordam parcial ou totalmente que as eleições tem o potencial de mudar o país para melhor. Isso significa que pouco mais de um quarto da população está desacreditado no processo eleitoral e, não, um terço. Por essa razão, o Truco classifica a frase como “exagerada”.

Por outro lado, 70% acreditam total ou parcialmente que as eleições possam trazer impactos positivos para o país. 1% dos entrevistados disseram que são indiferentes e outro 1% não sabem ou não responderam.

A pesquisa ouviu 2 mil eleitores entre os dias 21 e 14 de junho. A margem de erro máxima estimada é de 2% para mais ou para menos.

Gonzaga disse que população estava desacreditada das eleições e defendeu rebelião contra o Estado durante sabatina do grupo O Povo FOTO: Reprodução

O elevado pessimismo entre os brasileiros acerca do processo eleitoral também foi apontado pela consulta. Entre os eleitores, 45% se dizem pessimistas ou muito pessimistas com a eleição para presidente em 2018. 26% dos entrevistados disseram que não se sentem nem otimistas nem pessimistas, enquanto 23% se colocam como otimistas nas eleições presidenciais.

Entre as principais razões para o pessimismo, estão a corrupção (30%), a falta de confiança nos governos/candidatos (19%) e o fato de não ter opção entre os então pré-candidatos (16%).

Na mesma pesquisa, 68% dos entrevistados concordaram parcial ou totalmente que, se pudessem, não iriam votar este ano. Outros 32% disseram discordaram parcial ou totalmente da afirmação. 1% deles não responderam.

O Truco informou a assessoria de comunicação do candidato Francisco Gonzaga sobre o resultado da checagem, mas a equipe não enviou resposta.

Ops, Aílton: foram R$ 130 milhões para saneamento básico no Ceará
Ailton Lopes - PSOL
Ops, Aílton: foram R$ 130 milhões para saneamento básico no Ceará

Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) da Sefaz aponta um gasto de pouco mais de R$ 130 milhões em 2017

Errou, General: Ceará tem 91 toneladas de esgoto não tratado por dia
General Theophilo - PSDB
Errou, General: Ceará tem 91 toneladas de esgoto não tratado por dia

O tucano inflou em muito os números ao dizer que são 91,4 bilhões de toneladas por dia em esgoto a céu aberto no Ceará.

Hélio Gois erra posição brasileira em ranking internacional de educação
Hélio Gois - PSL
Hélio Gois erra posição brasileira em ranking internacional de educação

Hélio se equivocou ao citar os números. Disse que o país ocupava a 73ª posição no ranking, quando a prova só foi aplicada em 70 países

CE Candidatos - Ceará