Major Costa e Silva exagera participação de SP no PIB
Marcos Santos/USP Imagens
DC - Adriano Costa e Silva

Major Costa e Silva exagera participação de SP no PIB

Estado representa 32,4% no PIB nacional, não 40%, como afirmou o candidato a governador do DC

Economia

Caroline Ferrari
2 minutos

“[São Paulo é responsável por] 40% do Produto Interno Bruto [do Brasil].” – Adriano Costa e Silva (DC), em vídeo em sua página no Facebook.

O major do Exército Adriano Costa e Silva, candidato ao governo de São Paulo pelo partido Democracia Cristã (DC, antigo PSDC), afirmou em um vídeo na sua página no Facebook que o Produto Interno Bruto (PIB) do estado de São Paulo corresponde a 40% do PIB nacional. O Truco nos Estados – projeto de checagem de informações da Agência Pública – analisou os dados e classificou a informação como exagerada.

A reportagem entrou em contato com o candidato para solicitar a fonte da informação. Costa e Silva imediatamente reconheceu a imprecisão. “A informação correta é 32,12% do PIB do Brasil. O estado de São Paulo é responsável pelo consumo de cerca de 40% dos serviços financeiros prestados a empresas. Talvez tenha sido essa a causa da confusão na informação”, disse. O candidato indicou como origem do dado o site Investe São Paulo.

De acordo com a página, o estado representou 32,12% do PIB brasileiro em 2015. No mesmo período, segundo o Investe São Paulo, a riqueza produzida pelo estado somou mais de R$ 1,89 trilhão, o equivalente a R$ 42,7 mil per capita. Os dados são fornecidos pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Há informações sobre o tema também nos indicadores do Sistema de Contas Regionais, elaborado pelo IBGE. A publicação fornece estimativas do PIB para cada unidade da Federação. Na última versão disponível do documento, que traz os dados referentes a 2015, o estado de São Paulo tem participação de 32,4% no PIB nacional. Em seguida vêm Rio de Janeiro (11%), Minas Gerais (8,7%), Rio Grande do Sul (6,4%) e Paraná (6,3%). A publicação mostra que esses estados responderam por 64,7% do PIB brasileiro naquele ano.

Já o local que apresentou o maior PIB per capita foi o Distrito Federal, com R$ 73.971,05. Em segundo lugar estava São Paulo (R$ 43.694,68) e, em terceiro, o Rio de Janeiro (R$ 39.826,95).

PIB nacional

No dia 31 de agosto, o IBGE divulgou os dados trimestrais do PIB nacional. Segundo as estatísticas, o PIB variou 0,2% no segundo trimestre de 2018 frente ao primeiro trimestre deste ano. Quando comparado com o mesmo período do ano passado, é possível verificar que houve crescimento de 1%.

Márcio França exagera desconto em pedágios
Márcio França - PSB
Márcio França exagera desconto em pedágios

Governador afirmou que a tarifa diminuiu até 25% com novas concessões, mas na verdade o porcentual chega a 20%

Doria exagera criação de vagas em creches quando foi prefeito
João Doria - PSDB
Doria exagera criação de vagas em creches quando foi prefeito

Durante os 15 meses em que administrou a cidade de São Paulo foram criadas cerca de 25 mil vagas, não 42 mil

França erra taxa atual de crescimento da economia paulista
Márcio França - PSB
França erra taxa atual de crescimento da economia paulista

Produto Interno Bruto do estado não evolui 6% ao ano, como afirmou o governador

SP Candidatos - São Paulo