França erra posição da Sabesp em ranking de saneamento
Eduardo Saraiva/A2IMG
PSB - Márcio França

França erra posição da Sabesp em ranking de saneamento

Governador disse que a empresa é a terceira maior do país, mas, na verdade, é a primeira

Água Saneamento

Anna Beatriz Anjos
2 minutos

“A Sabesp é a terceira maior empresa de água e esgoto do país.” – Márcio França (PSB), no debate da Rede Record.

No penúltimo debate com os candidatos ao governo antes do primeiro turno, na TV Record, o governador Márcio França (PSB) afirmou que a Sabesp é a terceira maior empresa de saneamento do Brasil. O Truco nos Estados – projeto de checagem de fatos da Agência Pública – apurou a informação e a classificou como falsa.

A assessoria de imprensa do candidato não informou a fonte de sua declaração. A revista Saneamento Ambiental, em circulação desde 1990, publica anualmente o ranking “As Maiores do Saneamento”, que classifica as companhias de acordo com critérios como receita operacional líquida, lucro operacional, população atendida por água e esgoto (nesses dois itens, são considerados números absolutos da abrangência), perdas e investimentos. O levantamento é realizado a partir de dados declarados pelas próprias operadoras, assim como ocorre com o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (Snis), organizado pelo Ministério das Cidades e abastecido por dados dos prestadores de serviço. As operadoras podem ser privadas, estaduais ou municipais – no caso das últimas, entram apenas as que operam em municípios com mais de 100 mil habitantes.

A última edição do ranking, publicada em janeiro deste ano, com números de 2016, mostra a Sabesp na liderança de seis dos sete quesitos analisados. A companhia ocupa ainda a 22ª posição no índice de perdas na distribuição entre 57 empresas, com diferença de 34% entre os volumes de água tratado e faturado – a dianteira fica com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), cujas perdas na distribuição atingem 78%. Isso significa que a Sabesp é a maior companhia de saneamento básico do país, e não a terceira, como afirmou Márcio França.

Márcio França exagera desconto em pedágios
Márcio França - PSB
Márcio França exagera desconto em pedágios

Governador afirmou que a tarifa diminuiu até 25% com novas concessões, mas na verdade o porcentual chega a 20%

Doria exagera criação de vagas em creches quando foi prefeito
João Doria - PSDB
Doria exagera criação de vagas em creches quando foi prefeito

Durante os 15 meses em que administrou a cidade de São Paulo foram criadas cerca de 25 mil vagas, não 42 mil

França erra taxa atual de crescimento da economia paulista
Márcio França - PSB
França erra taxa atual de crescimento da economia paulista

Produto Interno Bruto do estado não evolui 6% ao ano, como afirmou o governador

SP Candidatos - São Paulo