João Doria usa informação falsa sobre contratação de guardas civis
Facebook João Doria
PSDB - João Doria

João Doria usa informação falsa sobre contratação de guardas civis

Candidato do PSDB errou ao dizer que nenhum agente da GCM foi convocado após concurso na gestão de Fernando Haddad na prefeitura de SP

Segurança Pública

Caroline Ferrari
2 minutos

“Em quatro anos de gestão do PT não foi contratado nenhum [agente da Guarda Civil Metropolitana]. Nem sequer o concurso foi colocado em prática.” – João Doria (PSDB), em entrevista no programa Roda Viva, da TV Cultura.

Em entrevista concedida ao programa Roda Viva da TV Cultura, o ex-prefeito João Doria (PSDB) afirmou que, durante o mandato do petista Fernando Haddad à frente da prefeitura de São Paulo, não houve contratação de agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM). O Truco nos Estados – projeto de checagem de informações da Agência Pública – verificou a afirmação do candidato e classificou a frase como falsa.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação de João Doria para verificar a fonte da informação, mas não obteve resposta.

De acordo com o Sindicato dos Guardas Civis Metropolitanos de São Paulo (Sindguardas), o último concurso da categoria foi realizado em 2013 – no início da gestão de Haddad, que foi prefeito de 2013 a 2016. Nos primeiros três anos não foi contratado nenhum agente da GCM. No último ano da gestão (2016), no entanto, houve a contratação de 500 servidores da Guarda Civil Metropolitana do município. Ou seja, não é correto afirmar que não foi contratado nenhum guarda durante esse período, como disse Doria.

Ainda durante a sabatina, João Doria declarou que no período em que foi prefeito da capital paulista (1º de janeiro de 2017 a 6 de abril de 2018) foram contratados 700 novos agentes. Esse dado foi exagerado. Segundo o sindicato da categoria, em 2017 foram convocados 200 novos trabalhadores. Já até outubro de 2018 foram contratados mais 300 agentes. Somando os dois números, foram contratados 500 novos agentes para a cidade – não 700, como disse o candidato ao governo de São Paulo.

Márcio França exagera desconto em pedágios
Márcio França - PSB
Márcio França exagera desconto em pedágios

Governador afirmou que a tarifa diminuiu até 25% com novas concessões, mas na verdade o porcentual chega a 20%

Doria exagera criação de vagas em creches quando foi prefeito
João Doria - PSDB
Doria exagera criação de vagas em creches quando foi prefeito

Durante os 15 meses em que administrou a cidade de São Paulo foram criadas cerca de 25 mil vagas, não 42 mil

França erra taxa atual de crescimento da economia paulista
Márcio França - PSB
França erra taxa atual de crescimento da economia paulista

Produto Interno Bruto do estado não evolui 6% ao ano, como afirmou o governador

SP Candidatos - São Paulo